As condições de vida do escravo alforriado

Publicado em 21/03/13

Escravos Libertos IINas aulas sobre abolicionismo é comum os alunos perguntarem sobre a vida do escravo alforriado. À esse respeito, o Jornal da USP, de março de 2013, traz um síntese de uma dissertação de mestrado sobre o tema. “No século 19, entre os anos 1830 e 1888, os escravos compravam o direito à liberdade com o próprio trabalho, o que tornava precária a entrada de negros no mundo dos homens livres, e fazia perdurar o domínio senhorial. Sem recursos para pagar aos senhores a indenização exigida para a liberdade, os escravos contraíam dívidas com terceiros, e os pagavam por intermédio de contratos de locação de serviço. Esses contratos significavam, em muitos casos, um prolongamento da exploração do trabalho, uma vez que os libertos ainda eram submetidos a condições similares à escravidão“. Para saber mais, siga o link http://espaber.uspnet.usp.br/jorusp/?p=28048

Roberto Nasser

 

 

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto a Band é legal!