Dilma, os cem primeiros dias

Publicado em 20/04/11

O hábito de analisar os cem primeiros dias de um governo tem como origem o governo dos Cem Dias de Napoleão Bonaparte. Exilado na ilha de Elba, em 1814, por decisão do Tratado de Fontainebleau, Bonaparte foge para a França. A tropa enviada para prendê-lo acabou por aderir ao comando do Imperador e marchou em direção a Paris, fazendo o rei Luís XVIII fugir, iniciando-se então um governo de Cem dias.

Os Cem dias da presidente Dilma Roussef foram marcados por um novo estilo de governar, menos vistoso do que seu antecessor, o ex-presidente Lula, por uma eficiente ação no jogo político partidário, por tensões na área econômica com o recrudescimento da inflação e por mudanças na política externa na qual renunciou à ambigüidade do antecessor e defendeu direitos humanos de forma incondicional.

Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Ciências Humanas