Ditador argentino é condenado a 25 anos de prisão

O jornal O Estado de S. Paulo, noticiou no dia 21 de abril de 2010, que o general Reynaldo Benito Begnone, último general presidente da ditadura militar argentina (1973 a 1983), foi condenado a 25 anos de prisão por responsabilidade  em casos de roubos, torturas e sequestros no Campo Mayor, o maior complexo de detenção dos anos 70 na Argentina. Bignone, último general presidente do ciclo militar, conhecido por admitir a morte de ‘apenas 8 mil civis’, cumprirá pena em presídio comum.

Em vários países do chamado Cone Sul, região de governos militares a partir dos anos 60 do século passado, estão reescrevendo suas histórias julgando os militares responsáveis por abusos cometidos quando no exercício do poder. No Brasil, a questão da revisão da Lei da Anistia, ainda está em debate.

O que vocês acham?

Para saber mais

Vou pedir licença para usar este espaço com um assunto que para mim vai além da História: o Rock. A matéria de capa da Revista Billboard de março (sim, a de março – a de abril eu ainda não vi), sobre o The Who,   trouxe a seguinte chamada: “Velhos demais para o Rock’n’Roll?”, comentanto a apresentação da banda no Superbowl deste ano (em Miami, eu acho).

Isto me lembrou uma música do Jethro Tull intitulada “Too old to rock’n’roll: too young to die”. A partir daí, eu gostaria de colocar a seguinte questão a vocês com menos de vinte anos: o Rock é um estilo próprio das pessoas jovens (seja lá o que for isso)?

Reflexão tão interessante quanto necessária…

Estamos de volta

Após um tranquilo período de provas, estamos de volta. E o primeiro assunto é a comemoração dos 50 anos de Brasília, na próxima quarta-feira, dia 21 de abril – mas o feriado não é por causa disso não, é pelo dia de Tiradentes.
Cidade polêmica, com gente que adora ou detesta, foi um símbolo da esperança de um Brasil mais justo, mas também foi a capital da ditadura, como continua sendo o espaço da corrupção, do patrimonialismo e do isolamento em relação ao interesse público.
Entretanto, sua construção foi notável! O talento e a dedicação de milhares de brasileiros, nossos conterrâneos, fizeram brotar uma cidade planejada no meio do nada. Devemos ter orgulho disso.
O link abaixo remete a um álbum de fotos da construção de Brasília.
http://noticias.uol.com.br/album/100415brasilia50_album.jhtm?abrefoto=48#fotoNav=50
Veja estas fotos e tire suas conclusões.