Marxismo obsoleto

Nesta semana encerramos as aulas sobre a teoria que Marx e Engels desenvolveram a duras penas. 

Após a queda do Muro de Berlim e o fim da URSS (1989 e 1991, respectivamente) muitos pensadores afirmaram a morte do socialismo enquanto forma de organização social e política, bem como da teoria marxista, que passou a ser interpretada como um grande engano histórico, um desvio desastrado do Iluminismo ou ainda, como alguém que eu não lembro disse, “a maior das utopias coletivas”.

 Em certo sentido as obras de Marx são datadas. Produto de um determinado contexto existente no século XIX. Entretanto, será possível que as experiências baseadas no marxismo ocorridas no século XX  invalidam toda a obra de Marx e Engels? Não é mais  possível pensar na atualidade do marxismo? Será que datado significa obsoleto?  As idéias de Marx e Engels perderam a importância para quem se dispõe de alguma forma a melhorar a vida neste planeta?

Acho que vocês que leram o Manifesto Comunista têm muito a dizer sobre estas questões e sobre outras que eu nem cogitei.